Tubulação Aparente de Gás – Cuidados e Dicas para instalação

Tubulação Aparente de Gás – Cuidados e Dicas para instalação

Tubulação Aparente de Gás

A instalação de gás em um condomínio é assunto que requer muita atenção e cuidados especiais pensando sempre em preservar a segurança de todos. Por isso, por tornar a prevenção e a manutenção muito mais simples, a tubulação aparente de gás pode ser a melhor opção. 

Muitos projetos focam mais na beleza e estética do empreendimento e, por isso, acabam deixando a tubulação de gás embutida. Porém, essa escolha acaba dificultando a identificação de vazamentos e, ainda mais, a vida do profissional que precisará fazer os reparos.

Então, neste artigo explicaremos melhor como funciona a tubulação de gás aparente, quais os benefícios, os cuidados e as dicas para instalação.

 

Como funciona a tubulação de gás

Geralmente, os condomínios têm duas opções para a instalação do gás. A primeira (e mais comum hoje em dia) é o gás natural, onde um abrigo para medidores e regulador deve ser preparado para a instalação. Nesse tipo, não há a necessidade de botijões ou cilindros de armazenamento e o fornecimento acontece de forma continuada. 

A segunda opção para condomínios é o GLP (sigla de gás liquefeito de petróleo). Nesse caso, os cilindros de gás já se fazem necessário e o abastecimento é periódico e executado pela concessionária de gás. 

Entenda outras diferenças do gás natural e do GLP aqui.

 

Tubulação aparente de gás: vantagens, cuidados e dicas para instalação

Seja qual for o sistema adotado no seu condomínio, o gás é levado até as unidades por meio de encanamento, que pode ser embutido ou aparente. Como já falamos anteriormente, a tubulação aparente traz algumas vantagens porque facilita a prevenção e manutenção. 

 

Cuidados e dicas para a instalação da tubulação aparente de gás

Antes de escolher o sistema de fornecimento a ser instalado, é necessária a avaliação de um profissional com conhecimento técnico que fará a vistoria na obra determinando qual o sistema mais seguro para o seu condomínio.

A distância entre o abrigo do medidor e o ponto de consumo é que vai determinar o caminho que a tubulação deve percorrer.  A instalação deve seguir as normas da ABNT para minimizar os as probabilidades de vazamentos e acidentes. A norma NBR 15526 da ABNT estabelece critérios mínimos para a execução:

A tubulação aparente interna deve ser identificada através de pintura da tubulação na cor amarela (código 5Y8/12 do código Munsel ou 110 Pantone), com as seguintes ressalvas:  

  1. a) fachadas de prédios: a tubulação poderá ser pintada na cor da fachada do prédio para manter a harmonia estética, desde que identificadas com a palavra “gás” no máximo a cada 10 m ou em cada trecho aparente. 
  2. b) interior de residências: nesse caso também é permitido que a tubulação do gás seja pintada para acompanhar a estética do ambiente, mas também deverá ser identificada com a palavra “gás” a cada 10m, no máximo, ou em cada trecho aparente. 
  3. c) garagens e áreas comuns de prédios: nesses ambientes, a tubulação deverá ser pintada na cor amarela também deverão ser identificadas com a palavra “GÁS”, no máximo a cada 10m. 

Para conferir mais detalhes de como deve ser feita a instalação da tubulação do gás, confira este artigo

 

Como evitar acidentes com a tubulação de gás aparente

A manutenção preventiva é a melhor maneira de evitar vazamentos e acidentes com a tubulação de gás. Muitas vezes, instalações mais antigas apresentam uma série de problemas porque não foram feitas as manutenções nos prazos recomendados.

Por isso, para evitar dores de cabeça, faça a inspeção periódica na central de gás ( todo ano) e nos ramais ( a cada três anos) com um técnico especializado que deverá assinar e emitir a ART. Já falamos mais detalhadamente sobre a manutenção de gás neste artigo.

Todos os moradores do condomínio devem sempre estar atentos ao gás e, em caso de cheiro forte, devem avisar o zelador ou síndico para uma vistoria urgente. O aumento significativo na conta de gás também pode ser um indicador de vazamentos.

A tubulação de gás aparente é uma excelente escolha para os condomínios, pois oferece muito mais praticidade para fazer manutenções e reparos (em casos de danos). Seguindo todas as normas e recomendações para a instalação e fazendo as manutenções preventivas periodicamente, é um sistema muito seguro para todos. 

 

Gostou do artigo? Compartilhe nas suas mídias sociais.

Implemente o Sistema Individual de Medição de Gás no seu condomínio: Mais economia e controle

Receba nossa
Newsletter: