5 dicas para assegurar uma rotina de limpeza do seu condomínio

5 dicas para assegurar uma rotina de limpeza do seu condomínio
rotina de limpeza do seu condomínio
Manter a limpeza do condomínio é muito importante para o bem-estar de todos, por isso, temos algumas dicas de como garantir que ela aconteça pontualmente.

Dicas para assegurar uma rotina de limpeza do seu condomínio.

Todos os moradores de um condomínio esperam encontrar os espaços em comum sempre limpos, organizados e com a manutenção em dia. 

É papel do síndico cuidar para que todas as áreas sejam preservadas e mantidas limpas. Por isso, para começar a desempenhar essa função, primeiramente, ele precisa conhecer os tipos de limpeza que deverão acontecer no condomínio e quais as diferenças entre elas. São elas: limpeza, geral, limpeza de conservação e limpeza de manutenção. 

A limpeza geral é aquela limpeza completa e que contempla todos os espaços e áreas que têm maior circulação como elevadores, halls de entrada, garagens, corredores e portarias. Caso o seu condomínio tenha um grande fluxo de pessoas, o ideal é a limpeza geral aconteça todos os dias ou, no mínimo, uma vez por semana.

A limpeza de conservação serve para prevenir maus odores e a aparência desleixada. Ela inclui tirar o pós das mobílias e demais superfícies, cuidar do jardim e remover o lixo. Apesar de esse tipo de limpeza ser aplicado de acordo com as demandas do condomínio, ela é muito importante para manter o cheiro dos ambientes sempre agradável. 

Já a limpeza de manutenção é aquele tipo que acompanha o calendário de manutenção preventiva do condomínio, pois são higienizações mais pesadas e trabalhosas de serem feitas como: limpeza da caixa d’água, limpeza e pintura da fachada,  limpeza e filtragem das piscinas, dedetizações, entre outras. 

Apesar de ser algo básico para o bem-estar de todos os moradores, a rotina de limpeza do seu condomínio deve ser sistematizada para que ela não seja negligenciada ou até mesmo esquecida.. Por isso, separamos 5 dicas para você garantir que isso não aconteça. 

Leia mais sobre o assunto:

5 dicas para assegurar uma rotina de limpeza

1-Contrate uma boa equipe

A primeira dica e talvez seja a mais importante: contrate bons funcionários ou uma boa empresa para prestar o serviço de limpeza do seu condomínio. É muito importante você você levar em conta também o tamanho do lugar para contratar um número ideal de profissionais, assim ninguém ficará sobrecarregado e se dedicará com zelo e atenção às suas obrigações.

2- Planeje a rotina de limpeza do seu condomínio 

Você deverá mapear todas as áreas que deverão ser limpas, com que periodicidade, quais produtos deverão ser usadas e demais recomendações peculiares de cada área. 

No seu planejamento, também é bacana contemplar as escalas e horários de trabalho da equipe de limpeza e quais os horários de pico no condomínio para que todos se organizem de maneira que causem o menor incômodo possível aos moradores. 

3- Faça um cronograma de limpeza

Com o planejamento em mãos, é hora de montar o cronograma de limpeza. Com ele, síndico e equipe poderão seguir uma rotina de limpeza regrada e sem falhas. Aproveite para fazer um check list de toda as atividades que precisam ser realizadas. Isso facilitará bastante o gerenciamento e organização de todos.

Checklist para síndicos e condomínios

Uma sugestão de como você pode montar esse cronograma/ checklist:

Limpeza diária:

  • Hall de entrada
  • Portaria
  • Calçadas
  • Banheiros
  • Elevadores
  • Aparelhos da portaria (interfone, mesa, monitores, computadores)
  • Objetos de decoração (vasos, quadros, etc)
  • Sauna
  • Academia
  • Vestiários

Limpeza semanal: 

  • Quadras esportivas
  • Churrasqueiras
  • Salão de festas
  • Salão de jogos
  • Caixas de hidrantes e extintores
  • Móveis das áreas comuns
  • Playground

Limpeza quinzenal: 

  • Vidros
  • Espelhos
  • Pisos de madeira
  • Paredes internas
  • Sala de máquinas

Limpeza mensal:

  • Garagens
  • Janelas externas
  • Jardins
  • Grades do condomínio
  • Escadas de emergência
  •  

Limpeza semestral (ou de acordo com o calendário de manutenção do condomínio):

  • Caixas d’água
  • Fachadas
  • Limpeza e filtragem das piscinas
  • Dedetizações

4-Não deixe faltar os materiais necessários

Para que a sua equipe de limpeza esteja sempre comprometida com as tarefas, é essencial que você não deixe, faltarem os produtos de limpeza que ajudarão na execução das tarefas. Além disso, não deixe faltar material de segurança para que seus funcionários não se exponham a riscos desnecessários. 

5-Promova a conscientização dos moradores

Não adianta muito que a equipe da limpeza cumpra com todas as suas obrigações, se os moradores não colaboram com a preservação da limpeza dos ambientes.

Por isso, promova sempre campanhas de conscientização para que todos nunca deixem sujeira no chão, entreguem o salão de festas com objetos em seus devidos lugares e os lixos recolhidos, evitem sujar paredes e por aí vai.


Para te ajudar ainda mais com o dia a dia de síndico, preparamos um texto com dicas de planejamento e organização. Não deixe de ler!

Implemente o Sistema Individual de Medição de Gás no seu condomínio: Mais economia e controle

Receba nossa
Newsletter: