contato@falandodecondominio.com.br

Explosão de botijão de gás acontece?

Notícias

Muitas pessoas não podem ouvir falar em gás de cozinha que logo já associam aos riscos de explosão de botijão de gás. Mas será que realmente há motivo para preocupação ou há certos mitos que precisam ser derrubados? A melhor forma de esclarecer dúvidas é com informação e, por isso, vamos explicar algumas coisas importantes a seguir . 

A primeira delas é que um dos motivos pelos quais prédios e condomínios novos optam pelo fornecimento do gás via tubulação é para zelar pela segurança dos moradores. Além disso, o condomínio consegue fornecer o recurso de forma ininterrupta e contínua, controlar manutenções e oferecer melhor suporte aos moradores.

O GLP (ou gás liquefeito de petróleo), aquele do bom e velho botijão também é bastante seguro e indicado para diversas finalidades: residencial, comercial ou industrial. Mas é claro que é preciso cuidar de alguns detalhes para evitar acidentes. Falaremos disso mais adiante. 

Aproveite para ler o artigo 6 cuidados com a tubulação de gás ao fazer reformas.

Mas afinal de contas, o botijão de gás explode ou não?

Quando a instalação do botijão de gás é feita corretamente seguindo todas as normas de segurança, ele é totalmente seguro. Mas, caso haja vazamento em um ambiente totalmente fechado, o gás preencherá todo o espaço e qualquer faísca será o suficiente para iniciar um incêndio e até mesmo a explosão de botijão de gás.

Isso acontece porque, como o próprio nome sugere, o gás dentro do botijão está em estado liquefeito (ou seja, líquido) e quando entra em contato com o ar torna-se gasoso e inflamável. É essa característica que permite que ele forneça a chama que usamos para aquecer as coisas no fogão, mas é isso também que o torna perigoso quando há vazamentos.

É importante ressaltar que a explosão de botijão de gás pode acontecer quando o mesmo é submetido a altas temperaturas. Em incêndios, por exemplo, a temperatura do local subirá muito e a pressão interna do botijão com GLP aumentará e aí sim pode ocorrer a explosão do recipiente devido o derretimento do material.

Se você tem dúvidas se pode ou não ter botijão de gás dentro do apartamento, confira esse post aqui.

O que fazer para que não ocorra a explosão de botijão de gás

Prevenir sempre é o melhor remédio e pode evitar danos irreparáveis. Por isso, trouxemos 10 dicas fornecidas pelo Corpo de Bombeiros do Estado de São Paulo para você evitar acidentes e explosão de botijão de gás aí na sua casa. Confira:

  • Apenas compre botijões de gás em locais autorizados e jamais aceite um recipiente amassado, enferrujado ou com lacre rompido. Esse cuidado básico é primordial para evitar acidentes com a explosão de botijão de gás.
  • Só use uma mangueira de gás que seja certificada com selo do Inmetro e tenha 1,25 metro de comprimento. Já o registro deve ter a gravação do certificado NBR 8473;
  • Verifique periodicamente se o registro e a mangueira do botijão estão dentro do prazo de validade. Caso encontre alguma rachadura na mangueira, substitua imediatamente.
  • Sempre utilize as abraçadeiras próprias do registro de gás e não use ferramentas como alicates ou martelos para rosquear o regulador de pressão. Apenas a força da mão é suficiente para fechá-lo.
  • Ao instalar um botijão de gás novo, passe uma esponja com sabão em torno do regulador; se fizer bolhas, o gás está vazando.
  • Caso haja suspeita de vazamento de gás, feche o registro e não acenda nada. Fósforo e até interruptor de luz podem causar explosão de botijão de gás;
  • Mantenha o botijão sempre na posição vertical, nunca deitado.
  • O lugar onde o botijão de gás deve ficar na sua casa precisa ser ventilado e protegido.
  • Jamais passe a mangueira por trás do fogão. Se for necessário alterar a posição de entrada de gás, chame profissionais credenciados pelo fabricante do fogão.
  • Por fim, em caso de acidente com fogo, mantenha a calma e ligue 193 para falar com o Corpo de Bombeiros.

Responsabilidade de cada morador e do síndico

Zelar pela segurança de todos é um dever do síndico, mas também é responsabilidade dos condôminos. Por isso, é muito importante que todo o condomínio siga as regras e as recomendações dos bombeiros para evitar acidentes.

Aos síndicos, nosso conselho é: promova campanhas de conscientização entre os moradores informando-os sobre os perigos e as consequências de atos irresponsáveis. Além disso, tenha um calendário muito rígido de manutenções preventivas e o siga à risca. Isso te poupará de muitos problemas, inclusive, com a justiça caso algo de ruim aconteça.

Compartilhe esse artigo nas redes sociais para que mais pessoas estejam informadas.

Redação Portal

Redator

Acesse meu perfil

COMPARTILHE

Assine nosso newsletter

Inscreva-se para receber nossas novidades e promoções.