Dispositivos nos ralos garantem segurança na piscina

Dispositivos nos ralos garantem segurança na piscina

Mais uma triste notícia de acidente em piscina choca o país. Uma menina de 8 anos morreu ao ficar com os cabelos presos no ralo da piscina, em um hotel na região Sul. Existem ainda inúmeros relatos de banhistas que sofreram acidentes por conta do ralo da piscina.

Mas como evitar esse tipo de problema? Em primeiro lugar é preciso entender o sistema. Toda piscina conta com um conjunto hidráulico que tem a função de captar e fazer recircular a água que alimenta a motobomba e seus acessórios. Esse sistema é essencial para a boa qualidade da piscina. O dreno faz parte desse conjunto captando a água.

Desta forma, a motobomba suga a água, que vai para o sistema de filtragem, de cascata, entre outros. Para diminuir o tempo de circulação da água é instalado um sistema mais potente, que suga maior quantidade de água.

Por isso, a necessidade da adoção de medidas preventivas de segurança. Os ralos de fundo, ou drenos, que levam a água para o sistema de filtração, devem ter a vazão dimensionada de acordo com a potência da motobomba e o tamanho da piscina. Se os drenos não estiverem com bom funcionamento ou forem mal dimensionados, podem provocar acidentes.

O objetivo aqui não é explanar sobre as normas técnicas de dimensionamento da tubulação, velocidade da sucção, entre outros. Para isso, um técnico especializado em piscinas deve ser consultado. Esse espaço tem a finalidade de orientar sobre a importância da instalação de dispositivos de segurança e outras medidas que podem evitar acidentes em piscinas.

Ebook: Dicas para manter uma boa convivência em condomínio

Dispositivos

Dois dos principais dispositivos são os drenos anti turbilhão e anti cabelo (conhecido como anti hair), que funcionam como uma tampa de proteção para o dreno, evitando acidentes. O anti turbilhão desfaz o rodamoinho formado pela água, evitando a sucção. Já o anti cabelo evita que cabelos, correntinhas ou cordões dos banhistas sejam sugados.

Dicas de Segurança

– Não instale drenos nas paredes da piscina;

– Não use motobomba de maior potência sem analisar as condições do sistema hidráulico;

– Faça revisão periódica nos drenos do fundo da piscina;

– Não remova os drenos, caso não tenha conhecimento técnico para isso;

– Não utilize os drenos de aspiração com banhistas utilizando a piscina.

Implemente o Sistema Individual de Medição de Gás no seu condomínio: Mais economia e controle

Receba nossa
Newsletter: